quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Aquário do Pantanal terá 4 novos laboratórios para pesquisas da biodiversidade

Correio do Estado - Com objetivo de ampliar os investimentos em pesquisa, o Aquario do Pantanal passará a contar com cinco laboratórios. O projeto inicial previa a construção de apenas um. A previsão é de que a obra seja concluída até o fim deste ano. Por enquanto, segundo o arquiteto Ruy Ohtake, responsável pelo projeto, não houve necessidade de aditivos financeiros para execução do empreendimento.
Ele relatou que a única alteração foi a ampliação no número de laboratórios, visando possibilitar que sejam feitas mais pesquisas sobre os peixes e a biodiversidade do Pantanal. “O Aquário do Pantanal será um novo atrativo turístico para Mato Grosso do Sul e também um local para que possam ser desenvolvidos estudos, inclusive com participação de universidades de outros países”, disse.
Além dos laboratórios, o Aquário do Pantanal vai dispor de auditório para 250 pessoas, biblioteca, livraria, jardim interno com fauna e flora pantaneiras e mirante. Ao todo, serão aproximadamente sete mil animais em exposição, entre peixes, invertebrados, répteis e mamíferos. 

Obra

Nos próximos meses será feita a cobertura metálica do Aquário, seguindo o que estava definido no cronograma. Atualmente está sendo finalizada a parte do concreto e colocação dos chumbadores para receber a estrutura metálica. O passo seguinte - previsto para ocorrer em até cinco meses - será a cobertura de zinco.
Também acontece ainda neste ano a instalação do revestimento dos tanques com acrílico de até 60 centímetros de espessura, material que foi importado dos Estados Unidos e tem como principal diferencial evitar o reflexo dos flashes disparados por câmeras fotográficas. O ambiente inclui ainda um túnel com 180 graus e espaço para passeio de barco, para visitar seis tanques externos (os demais ficarão na parte interna).
Segundo Ruy Ohtake o grande desafio nestas etapas é porque muitos materiais tiveram de ser importados, já que não são fabricados no Brasil. “Nunca fizemos um Aquário deste porte no Brasil e por isso contamos também que as fabricantes cumpram o prazo para entrega”.
O arquiteto disse que, por enquanto, continua o prazo para que a obra fique pronta em outubro deste ano e negou a existência de problemas que poderiam acarretar em atrasos ou aporte maior de recursos. Eles esclarece que houve um afundamento no aterro do terreno, sem afetar a estrutura que está sendo construída.
O problema teria ocorrido em decorrência de movimentações na terra, comuns durante as obras ainda mais no período de chuva. Segundo Ohtake não há necessidade de intervenções imediatas no local e as equipes esperam para reparar o problema quando for feito o paisagismo, etapa final da obra do Aquário.
Até o fim do ano o Governo deve lançar edital de licitação para concessão do Aquário do Pantanal à iniciativa privada, visando manter sua operação.
 
__________

Nenhum comentário: